Muitos usuários já se acostumaram ao famigerado notch, mas isso não quer dizer que eles gostem do recurso.

O notch é uma solução de design temporária, esperando pela evolução da tecnologia. Por isso, muitos usuários de smartphones aceitaram sua inclusão. Mas essas mesmas pessoas esperam pelo próximo passo.

O notch tem como objetivo agrupar praticamente todos os elementos necessários da parte frontal de um smartphone em uma única área, ou seja, câmera frontal, alto-falante e sensores de luz e distância. No caso do iPhone X, ainda conta com a câmera TrueDepth para o reconhecimento facial.

O iPhone X foi um dos primeiros modelos a ocupar praticamente toda a frente do smartphone com tela, com o notch sendo a única alternativa para a Apple e outros fabricantes para alcançar tal objetivo.

 

 

No futuro, isso vai mudar. A Apple já pensa no próximo passo para o iPhone, e vários fabricantes já fazem de tudo para oferecer ao mercado o primeiro smartphone totalmente livre de bordas.

Muito provavelmente teremos que esperar até 2020 para o fim do notch. Até lá, os smartphones vão abraçar esse conceito de design proposto pela Apple.

Porém, não é só de Apple que o mundo da mobilidade vive. Vale lembrar que a tendência de telas sem bordas veio da Samsung. Logo, nada impede que uma nova tendência nesse sentido apareça para cair no gosto do consumidor.

Sem falar nos fabricantes que já entregam protótipos e conceitos de design que oferecem soluções para a eliminação do notch e entrega de um smartphone 100% full frontal.

Em dois anos, algumas coisas vão mudar nesse aspecto, e o fim do notch nem será um exercício de futurologia. Logo, se você não gosta dessa proposta, aceita… por enquanto. Ela não vai durar muito tempo, e você vai agradecer depois pelos designs mais limpos que virão.