Eu sei… eu não devia…

Não devia pensar em Copa do Mundo com tanta corrupção e impunidade no Brasil. O desemprego, a crise econômica, os preços elevados. Políticos corruptos presos. Gilmar Mendes soltando a bandidagem.

Eu sei… está tudo errado… mas podemos começar a consertar em outubro de 2018.

E tudo isso me fazia esquecer que tinha uma Copa do Mundo. Que começa na semana que vem, dia 14. Nós, brasileiros, estamos tão tristes e revoltados com tudo o que está acontecendo com o nosso país, que deixamos de lado o nosso ópio. Nossa droga. Nosso vício.

Deixamos de lado o que temos de mais forte no nosso DNA cultural.

Eu sei… deveríamos ser mais politizados, culturalmente elevados. Mais responsáveis como cidadãos. Mas sei também que esse é um compromisso individual. Cada um tem por obrigação ser um bom cidadão para um Brasil melhor.

Eu sei… eu não devia… é só um comercial da Nike.

Mas… foi impossível não contagiar. É um vídeo simplesmente espetacular, envolvente. Fantástico.

Fato: só o brasileiro sabe jogar o futebol desse jeito. Só o brasileiro se envolve com o futebol dessa forma. E só o brasileiro tem um caso de amor profundo por esse esporte.

O comercial da Nike não só me lembrou que existe uma Copa do Mundo. Mas me lembrou porque o brasileiro é o futebol no mundo.

Veja, com atenção. Principalmente no final do vídeo. Tem um discurso motivacional, com palavras já ditas pelo Tite, que vale para todos nós, brasileiros.

Vale para seguir em frente. Todos os dias. Sem desistir. Sem se entregar. Jamais!

E boa ‘Copa da Brasileiragem’ para todo mundo.

Eu sei… eu não devia… mas foi inevitável!