Compartilhe

Foram tantos dias escrevendo sobre o coronavírus (e em como ele está afetando o mundo da tecnologia), que deixei de escrever a minha primeira opinião sobre alguns produtos de tecnologia. E a partir de hoje (16), vou corrigir esse erro, a começar pelo Vivo NEX 3s.

O conceito do Vivo NEX sempre chamou a minha atenção, pois é um design muito diferente do que estamos acostumados a ver nos últimos anos. Essa proposta está disponível desde 2018, e naquela época, deixei claro em como não precisa ser uma Apple da vida para inovar no design.

Pois bem, o Vivo NEX 3s é a evolução natural dessa proposta. Não muda de forma decisiva no seu design, pois nem precisa mudar tanto nesse aspecto. Mas internamente, se alinha com as características técnicas de 2020, sendo esse um dos modelos mais completos de sua categoria.

 

 

Pode até ser que o Vivo NEX 3s venha a incomodar algumas pessoas pela presença da câmera frontal periscópica, uma vez que muitos entendem que essa alternativa já está aposentada (eu mesmo entendo que o furo na tela é a tendência de presente, e o sensor de câmera abaixo da tela será o futuro para eliminar notch de vez).

Mas nem isso incomoda tanto quando olhamos para essa bela tela curva que praticamente elimina as bordas laterais. Poucos modelos conseguem ser tão atraentes no design nesse momento quanto o Vivo NEX 3s.

Quero dizer… confesso que eu tenho uma curiosidade enorme em entender como esse dispositivo funciona nas suas bordas laterais, já que botões virtuais estão presentes no lugar dos botões físicos. Será que esse é um recurso programado, que impede os falsos positivos no toque?

 

 

De qualquer forma, o Vivo NEX 3s é um daqueles smartphones premium que qualquer geek apaixonado por tecnologia vai desejar testar, mas poucos serão os escolhidos e/ou felizardos que terão acesso ao dispositivo. Mesmo assim, recomendo fortemente que teste o telefone se tiver a chance.

E se gostar do que testar, invista o seu dinheiro na compra. Sem medo de ser feliz.


Compartilhe