Não é um pedido. Nem uma uma ameaça. Muito menos um ultimato. É apenas uma pergunta.

Como ser humano, jornalista, músico e disseminador de ideias construtivas na internet (mesmo que às vezes eu faça isso em um humor que só cai bem na minha cabeça), eu pergunto: você confia em mim?

Não precisa acreditar em tudo o que eu falo ou escrevo. Mais uma vez, eu reforço que muita gente acha por aqui que os jornalistas mentem, e que só contamos fake news, já que as notícias sérias estão com a tia do Zap Zap. Eu só estou perguntando se você confia em mim.

Porque, se você confiar em mim, eu posso dizer para você que, daqui a pouco mais de três semanas, muitos de nós passaremos pela experiência cinematográfica mais impactante de nossas vidas. Depois de 25 de abril, tudo vai mudar. Nada será como antes.

Mas para isso acontecer, você precisa responder para mim e para você mesmo: você confia em mim?

Sinceramente? Eu espero, do fundo do coração, que a sua resposta seja SIM. Eu preciso da sua confiança para convencer a você que não serão 3h02 minutos perdidos na sua vida em uma sala de cinema. Que vai muito além de qualquer coisa que o cinema já viu.

É a conclusão de um arco que levou 11 anos para ser construído. É o resultado da inclusão de personagens que se tornaram ícones de cultura pop, facilmente identificáveis em ações promocionais e, em alguns casos, inspirando pessoas a assumirem discursos relevantes, além de oferecerem um potencial enorme para entregar valores positivos para as próximas gerações.

Assim como eu confiei nesses personagens, eu espero que você confie em mim. Eu não tenho dúvidas que seremos testemunhas oculares da história. Não é apenas um dos filmes mais esperados de todos os tempos, mas é o filme que vai mudar as regras do jogo dos blockbusters de forma definitiva.

Então… você confia em mim?

Se sim, fique sabendo: em 25 de abril, isso aqui vai ser foda!

Vingadores: Ultimato.