Compartilhe

Eu não sei onde está a auto estima dos usuários do TikTok, mas sei que ela se esconde de vergonha quando fica sabendo que essas pessoas se sujeitam a isso. Não basta ficar horas e horas assistindo vídeos curtos ou produzindo vídeos curtos vergonhosos. Agora, tem gente cobrando por vídeos de poucos segundos que exibem um “oi” personalizado.

Isso está rolando na Espanha, onde o influencer Kunno, que tem 15 milhões de seguidores no TikTok, criou no seu Stories do Instagram o Hola Fan, um portal que permite aos criadores de conteúdo receber dinheiro por uma simples saudação ou dedicatória.

Isso mesmo que você acabou de ler: acabaram de monetizar a educação e a gentileza nossa de cada dia.

Sem falar que eu realmente gostaria de saber quem está com a auto estima tão lá na sola do sapato para pagar quase 50 euros para receber uma saudação de alguns segundos de um influencer. Pagar para ter a atenção de pessoas que você nem conhece não é algo aceitável para quem quer que seja.

Mas como estou me dominando para não julgar as pessoas e apenas levantar as perspectivas de cada situação para que você possa tirar as próprias conclusões…

…eu pergunto…

 

 

 

Cobrar por uma saudação: falta de respeito aos seguidores ou oportunidade?

 

 

Confesse, amigo leitor: em nenhum momento da sua vida você não pensou em ganhar dinheiro com uma simples saudação de bom dia?

Se a sua resposta foi NÃO, e o seu sentimento de indignação foi enorme, saiba que você não está sozinho. Tem muitos internautas que não estão de acordo com essa história de cobrar (e pagar) por um simples bom dia. Aliás, é péssimo quando você tem que pagar para ter a atenção dos outros, e isso vale para o mundo real e para o virtual.

Na prática, muitos entendem que os influenciadores estão sim se aproveitando dos seguidores e da enorme boa vontade dessas pessoas. Sem falar que Kunno se aproveitou do engajamento dos internautas para inflar uma segunda conta do Instagram (a primeira foi hackeada) apenas para obter benefícios e lucros, e não pelo carinho dos fãs.

Só por isso já dá para entender qual é a do cara, e não dá para dar moral para esse tipo de gente.

Porém, tem alguns usuários que não estão se importando com isso, e não entendem ser um problema pagar para ter um ‘oi’ de um influencer do TikTok. E eu também gostaria de entender a mente dessas pessoas.

Essa não é a primeira polêmica de Kunno. Muitos dos seus seguidores o cancelaram quando ele não foi legal com os seus fãs que o encontraram em um aeroporto, sem falar que ele participou de uma festa de aniversário com outros TikTokers nesse momento onde o distanciamento social é o mais recomendado.

Mas essa não será a última loucura que vamos ver os influencers fazendo para obter dinheiro fácil. Já vimos usuários com milhares de seguidores no Instagram cobrando para incluir internautas na lista de melhores amigos, prometendo publicações sem filtros e outros benefícios.

Só digo uma coisa: ser influenciado por gente assim na internet tem o mesmo efeito moral e psicológico que enfiar a cabeça em um balde cheio de coliformes fecais (não vou escrever b*[email protected] nesse post, pois este é um blog de família).


Compartilhe