Compartilhe

dinosaur-pet

Alguém, em algum momento, fez uma pesquisa questionando aos norte-americanos “se alguém perguntasse qual é o tipo de animal de estimação que você quer?”, e para 18% dos entrevistados, a resposta foi, sem pestanejar, “um dinossauro”.

Não é de se estranhar esse fascínio pelos dinossauros. Muita gente que eu conheço tem muita curiosidade sobre esses animais já extintos, e pela quantidade de filmes já feitos com essa espécie, temos a popularidade comprovada dos dinossauros (que até viraram série de TV, lembra?).

A pesquisa, de um modo geral, retornou respostas razoavelmente normais para as escolhas de animais de estimação: 52% preferem cachorros, 27%, gatos, e por aí vai. A coisa começa a se complicar quando as espécies citadas soam um tanto quanto absurdas, como por exemplo dragões, grifos, fênix (sim, a ave que renasce das cinzas), unicórnios, e até mesmo o Monstro do Lago Ness (18% dos entrevistados acreditam que o monstro é real).

Para 21%, as cobras são os animais mais aterrorizantes, seguidas de perto pelos alligators, com 19%, tubarões, com 18% e ursos, com 14%.

Entre os animais exóticos preferidos, 26% preferem ter como animal de estimação um tigre, 20% uma girafa, e 16%, um elefante. E o nosso amigo dinossauro entra no grupo, com os já citados 18%.

Agora… muita coincidência o dinossauro contar com 18% das respostas, e os mesmos 18% acreditarem que o Monstro do Lago Ness existe. Seria obra do acaso? Ou uma associação direta dos entrevistados?

Vai saber…

Via National Geographic


Compartilhe