Início » Gadgets » Xiaomi Mi 11 virou um imponente dragão

Xiaomi Mi 11 virou um imponente dragão

Compartilhe

Eis a essência do “Do It Yourself” que tanto gosto.

Ninguém discute que o Xiaomi Mi 11 é um autêntico smartphone top de linha. Ele recebe o novo processador premium da Qualcomm, o Snapdragon 888, e tem as mais elevadas configurações que você pode encontrar em um telefone Android no começo de 2021.

Mas ver esse smartphone nas mãos de mentes criativas pode resultar em coisas simplesmente espetaculares. Por exemplo, um dragão que poderia participar dos efeitos visuais de uma versão high-tech de Game of Thrones.

 

 

 

O smartphone em forma de dragão

 

 

Pode ser uma piada em cima do processador da Qualcomm. “Snapdragon”, sacou? Ou pode ser o resultado de uma mente criativa que estava com muito tempo livre para montar um projeto com uma relativa complexidade e riqueza de detalhes.

Afinal de contas, pense no trabalho que dá desmontar um smartphone top de linha, peça por peça, e montar um dragão que, convenhamos, possui uma estrutura completamente diferente. Nem dá para imaginar quanto trabalho essa brincadeira deu para o cidadão que pensou em executar essa façanha.

 

 

É o tipo de projeto que deve ser aplaudido de pé pela elevada qualidade, e a grande maioria de nós, que somos meros mortais, não consegue fazer algo próximo. Por outro lado, nenhum de nós tem dinheiro sobrando para comprar uma única unidade do Xiaomi Mi 11 para fazer um brinquedo ou robô em forma de dragão (ou seja lá do que você queira chamar este item).

 

 

 

Mas… afinal… o dragão funciona?

 

 

Quem realizou essa façanha foi o usuário Sparrow News, que publicou o seu feito em detalhes no YouTube. No vídeo, ele desmonta não uma, mas DUAS UNIDADES do Xiaomi Mi 11 (esse cara não é rico, mas sim, milionário, só pode…) para construir o dragão tão desejado, separando com cuidado cada uma das peças.

Depois do processo de desmontagem, ele começa a dar forma para o caro animal mitológico. Para alcançar essa verdadeira obra de engenharia da telefonia móvel, o criador utilizou aproximadamente 500 partes dos smartphones, e levou 30 longos dias para completar o trabalho.

Agora, respondendo a sua pergunta…

 

 

O resultado final nada mais é do que um objeto decorativo, que foi concebido para promover o lançamento do Xiaomi Mi 11. Uma vez que os dispositivos foram completamente desmontados e desconectados de suas reais funções, o dragão não pode ser funcional, nem mesmo em alguns componentes (exemplo: lente de câmera que pode fotografar o que está na frente dele).

No final, o dragão resultante das unidades desmontadas do Xiaomi Mi 11 recebeu um carregador portátil para, no mais perfeito paradoxo, receber uma terceira unidade do Mi 11, totalmente funcional. É uma obra imponente, tal e como é o smartphone.

Agora, pense na grana que esse cara gastou para construir esse dragão… vai ver ele ganhou os dispositivos da Xiaomi para poder fazer essa brincadeira. Isso dói um pouco menos… só que não: eu queria que pelo menos um desses smartphones desmontados para virar um brinquedo na mão de qualquer um ficasse inteiro e funcionando nas minhas mãos.

Não que eu não seja feliz com o POCO F2 Pro… mas eu seria uma pessoa ainda mais feliz com o Xiaomi Mi 11.

 

 

 

Via GSM Arena


Compartilhe