Compartilhe

Xiaomi-Mi4i-19

Chega logo ao Brasil, Xiaomi! Por que esperar mais? Caramba, o Xiaomi Mi4i anunciado hoje (23) na Índia é tão promissor, que nem parece ser de verdade. Se a Motorola mereceu ser aplaudida de pé por oferecer smartphones de linha média competentes, com bom hardware e desempenho excelente, imagina então um modelo que tem um hardware ainda melhor, e com um preço maravilhoso de 190 euros (R$ 620 na cotação de hoje)?

O Xiaomi Mi4i conta com um processador Qualcomm Snapdragon 615 octa-core de 64 bits, 2 GB de RAM, 16 GB de armazenamento, tela de 5 polegadas (1920 x 1080 pixels), câmera traseira de 13 megapixels (f/2.0) com cinco elementos, câmera frontal de 8 megapixels (f/1.8) com 80 graus de ângulo, 7.8 mm de espessura, 130 gramas de peso, e uma espetacular bateria de 3.120 mAh. Todo esse conjunto é gerenciado por uma variante do Android Lollipop com a interface MIUI 6 da Xiaomi.

Sem falar que o modelo é compatível com as redes 4G dual SIM.

Quero tudo isso na minha mesa para ontem!

11057770_874196319282629_9178626587407444403_n

É impressionante como a Xiaomi consegue de novo chamar a atenção pelo lado positivo. Oferece o ‘bom, bonito e barato’, sem ter medo da concorrência. Pelo contrário: enfiando o dedo na cara de todo mundo, e mostrando uma opção muito interessante para essa categoria de produto, e mais uma vez levantando a questão: é preciso pagar mais caro para ter um bom smartphone nos dias de hoje?

Tudo bem, eu sei. Eu mesmo escrevi recentemente sobre os smartphones ‘de luxo’, como são os casos do iPhone 6/6 Plus e dos novos Samsung Galaxy S6/S6 Edge, com preços astronômicos no Brasil e lá fora. Talvez essa categoria hoje começa a se consolidar porque tem gente que vai pagar por isso.

Mas aí vem a Xiaomi e oferece o Mi4i, que no papel é maravilhoso (ok, estou empolgado: muito justo, muito bom, excelente) por um preço considerado justo, e que desafia a teoria da ostentação na hora de comprar um dispositivo de tecnologia.

Outros fabricantes precisam com urgência seguir o excelente exemplo da Xiaomi, até por uma questão de sobrevivência. O mercado mobile está no ponto de bolha há muito tempo, e o segmento de linha média é o que se tornou o mais cobiçado entre os fabricantes. E o grande perigo dos gigantes do setor não são os demais gigantes. São os pequenos, que estão fazendo bem feito.

E são pequenos ‘naquelas’, ou ‘porque querem ser pequenos’. Aos olhos de muita gente, a Xiaomi já é grande, pois desafia a lógica de muitos fabricantes de grande porte, com produtos de excelente qualidade, com um custo realmente sedutor.

Xiaomi-Mi4i-17 Xiaomi-Mi4i-16 Xiaomi-Mi4i-09 Xiaomi-Mi4i-08


Compartilhe