A @SamsungBrasil despertou a ira dos Armys | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Internet » A @SamsungBrasil despertou a ira dos Armys

A @SamsungBrasil despertou a ira dos Armys

Compartilhe

Juro que eu quero saber qual foi o tipo de droga ilícita que o administrador da conta oficial da Samsung Brasil no Twitter tomou… só para ficar bem longe dela.

Sabe quando você olha para uma situação e tem certeza que a pessoa vai ser demitida independente do fato dela ter razão ou não? Então… é bem isso o que estou sentindo neste exato momento ao ler o que está acontecendo na conta do Twitter da Samsung.

E eu nem sei se consegui entender direito o que aconteceu. Mas vou tentar transmitir em palavras o que penso e sinto. Algo muito difícil no Brasil de hoje.

 

 

 

O que está rolando?

Eu li hoje (5) pela manhã que a conta oficial da UEFA Eurocopa 2020 no Twitter está divulgando uma votação onde os internautas precisam escolher qual é a música que será executada durante a final do campeonato no próximo domingo (11), no estádio de Wembley, na Inglaterra.

Entre as músicas apresentadas, duas chamaram muito a atenção dos internautas: “Kill My Mind”, de Louis Tomilson (ex-One Direction) e “Butter”, de BTS. E todo mundo sabe como são os Directioners e os Armys: verdadeiros animais selvagens nas redes sociais.

 

 

Nem é preciso dizer que, tal e como toda e qualquer eleição nos últimos anos, essa disputa ficou polarizada, e a movimentação na internet está intensa.

Porém, a conta da Samsung Brasil no Twitter decidiu dar uma força para o menino Louis, convidando os seus seguidores a ouvir a música do rapaz.

Pense nos Armys furiosos com o gesto.

 

 

 

Acontece que…

Um detalhe importante que os Armys revoltados se esqueceram é que tanto Louis Tomilson quanto o BTS são artistas que contam com acordos publicitários com a Samsung. Ou seja, ambos contam ou já contaram com músicas que a empresa já promoveu na internet e em outras plataformas.

Ou vai me dizer que “Dynamite’ não ficou tatuada no seu cérebro por causa da campanha publicitária do Samsung Galaxy S20 FE no Brasil?

Mas quem disse que os Armys queriam saber disso?

 

 

Foram para cima da Samsung com a mesma raiva que todos nós estamos dos caras que queriam propina para comprar vacinas que não existem. Talvez o motivo desse ódio todo seja o momento do apoio ao menino Louis: justamente durante o período de votação para a UEFA.

E ninguém gosta de perder em uma votação na internet.

 

 

Mas a melhor parte vem agora: quem estava por trás da conta da Samsung Brasil no Twitter decidiu revidar as provocações e agressões, com ironia nos lábios e uma certa mágoa no coração.

Usar de bom humor nas redes sociais é algo que se tornou relativamente comum para boa parte das empresas que estão nessas plataformas, independente de qual segmento. O que passa longe do normal foram as respostas que essa conta da Samsung deu para as Armys.

E o tempo já mostrou que brincar com fã de K-Pop é a mesma coisa que fazer malabares com vidros de querosene no meio de um incêndio. Se até o Donald Trump sofreu os efeitos dessa galera organizada, que dirá a Samsung.

 

 

No momento em que escrevi este post, ainda não sabemos se a conta da Samsung Brasil vai pedir desculpas para os Armys. Particularmente, não sou eu que vou me meter nessa vida. Mas dá para imaginar que alguém pode ser demitido depois do que aconteceu hoje.

 

 

Será que foi o estagiário que pegou o controle da conta justamente na hora errada? Ou foi algo pensado contra os fãs do BTS?

Não sei. Até porque o parágrafo anterior foi apenas uma teoria da conspiração sem qualquer base na realidade para poder terminar este post com algum tipo de discórdia, mas sem despertar a fúria de nenhum fã clube de grupo de K-Pop conhecido no mundo inteiro.


Compartilhe