Como foi o lançamento do Windows 3.1 no Japão, em 1993 | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Software » Como foi o lançamento do Windows 3.1 no Japão, em 1993

Como foi o lançamento do Windows 3.1 no Japão, em 1993

Compartilhe

Recordar é viver.

Hoje, o lançamento de um novo sistema operacional não é algo tão badalado assim. Mas no passado, isso era um grande evento. Principalmente quando o software em questão era desenvolvido pela Microsoft.

O lançamento do Windows 95 foi um dos mais impactantes. Era uma época onde a Microsoft se dava ao luxo de ter fanboys, e até o elenco de Friends protagonizou um comercial para promover o produto. Hoje, basta uma publicação no Twitter na conta oficial da gigante de Redmond, e pronto: um novo sistema operacional foi anunciado.

Porém, poucas coisas em termos de fanatismo explícito podem se comparar ao lançamento do Windows 3.1 no Japão, em 1993.

 

 

 

Do fracasso do 3.0 ao Dia do Windows

 

 

Apesar de ser um país que sempre se posicionou na vanguarda tecnológica, a adoção do computador pessoal no Japão foi muito lenta por anos. Enquanto que os ocidentais sempre usaram máquinas de escrever, os japoneses demoraram demais para se acostumar com os teclados, utilizando o lápis e o papel na maior parte do tempo.

Isso começou a mudar com a invasão da tecnologia norte-americana no país asiático, com a chegada do IBM PC e dos sistemas operacionais DOS. Marcas como Apple e Compaq também se fizeram presentes no país, mas nada impulsionou tanto a informática de consumo no Japão quanto a Microsoft, que entregou uma versão do DOS totalmente adaptada ao usuário local.

O Windows 3.0 foi lançado em 1990, e foi um relativo sucesso nos Estados Unidos. Porém, no Japão, vendeu apenas meio milhão de cópias em dois anos, a metade do que foi vendido na América em apenas um ano.

O motivo para o fracasso da versão em terras japonesas foi a enorme quantidade de bugs que o software oferecia. Algo que mudou drasticamente com o lançamento do Windows 3.1.

Ou melhor, Windows 3.1J.

O grande pulo do gato da Microsoft no Japão foi lançar no país em 1993 o Windows 3.1J, uma versão do sistema operacional com suporte para o idioma japonês. Na prática, essa era uma atualização menor do Windows 3.0, mas que foi apresentado no país asiático como algo “completamente novo”.

Resultado: todas as revistas de informática japonesas estamparam o lançamento do sistema operacional em suas capas, e suas vendas alcançaram quase 1.5 milhão de unidades no seu primeiro ano de vida.

E o sucesso desse lançamento foi tão impactante, que o dia 17 de maio de 1993 foi conhecido no Japão como “O Dia do Windows”.

 

 

Isso é o que se chama de transformar um limão em uma limonada em grande estilo.


Compartilhe