Compartilhe

google-self-car

A Google levou os dois últimos anos desenvolvendo o software dos seus carros autônomos. Os seus engenheiros estão centrando os seus esforços para, inicialmente, fazer com que esse software seja capaz de reconhecer centenas de objetos que vão além dos próprios veículos, como os braços de um ciclista fazendo sinais, ou o sinal de um guarda de trânsito, que levanta a placa de “PARE”.

O reconhecimento de objetos será somado aos modelos de software que indicam ao veículo como ele deve responder em cada situação. A Google garante que os carros autônomos tem uma importante vantagem sobre os condutores humanos, que é a de processar mais informações ao mesmo tempo, sem sofrer dos efeitos do cansaço, do sono ou da bebedeira.

Com tudo isso, a Google ainda é prudente sobre o futuro da plataforma. Os seus carros autônomos já percorreram mais de 1 milhão de quilômetros desde o início do projeto, e são capazes de gerenciar situações complexas, mas ainda falta muito para que eles sejam confiáveis.

O vídeo a seguir mostra os últimos avanças desses carros em áreas urbanas.

 

Via Google Blog


Compartilhe