Compartilhe

Na vida, é preciso aproveitar as oportunidades, e ter uma boa dose de sorte. Nesse caso, não sei se a sorte está virada para o lado dos fãs brasileiros de automobilismo, ou para os canais Fox Sports no Brasil.

Será que os caras da Fox são tão bons na previsão do tempo? Ou foi a dança da chuva que os fãs fizeram?

De qualquer forma, eu escrevi nesse blog sobre o desserviço que os canais Fox Sports no Brasil estavam prestando para os fãs brasileiros de automobilismo por não exibir ao vivo no Brasil a Daytona 500, que é “apenas” a prova mais importante do calendário da NASCAR. Com dois canais, o diretor de programação decidiu que a audiência prefere assistir jogo do campeonato argentino no lugar de ver uma corrida de carros a mais de 300 quilômetros por hora.

Bom, gosto não se discute. Eu sei que o brasileiro médio entende que o único esporte que realmente importa é o futebol. Porém, é uma pobreza de espírito sem tamanho esse mesmo brasileiro médio não olhar para outros esportes. Mas este é um tema que pode ser discutido em outro post.

 

 

 

Que sorte a sua, Fox Sports!

 

Eu já estava me virando para acompanhar a prova de alguma forma com o canal do Twitch do Thiago Alves, um dos narradores dos canais Fox Sports (aliás, agradeço pelo bom serviço prestado, e principalmente pela transparência ao abordar o assunto), que não podia exibir todas as imagens da corrida, mas fez o que pode para manter os fãs bem informados.

Porém, o tempo instável em Daytona Beach e o atraso no início da corrida (muito em parte porque Donald Trump decidiu dar as primeiras voltas de apresentação e aquecimento) resultaram no que pode ser dito como “salvo pela chuva” para os canais Fox Sports no Brasil.

A Daytona 500 até teve a sua largada, mas a prova foi interrompida pela chuva na volta 20. Como é de praxe, o Fox Sports nos Estados Unidos começou a exibir o VT da mesma Daytona 500 de 2019, o que indica que a transmissão ao vivo não ia voltar em, pelo menos, 60 minutos (esperando que a chuva pare e a secagem da pista).

Decidi então dar a minha volta de bicicleta diária, para otimizar o tempo (não ia adiantar ficar em casa esperando). 60 minutos depois (um pouco mais, em torno de 20h40 – horário de Brasília), eu ligo o streaming do Twitch do Thiago Alves, e recebo a notícia que a Daytona 500 2020 foi adiada para amanhã (17), às 18h (horário de Brasília) e que, dessa vez, terá a transmissão dos canais Fox Sports no Brasil.

Beleza. Foi salvo pela chuva, Fox Sports!

Mas se tudo acontecesse em situações normais de tempo, temperatura e pressão, todas as críticas feitas valeriam e muito! Afinal de contas, nem mesmo o app do Fox Sports Brasil funcionou na hora da corrida, e nenhum sinal foi liberado para os assinantes.

É algo simplesmente vergonhoso e lamentável.

Insisto que a ESPN precisa (com urgência) arrancar a NASCAR do Fox Sports. Fã de automobilismo também merece respeito e consideração, pois é audiência qualificada.

E que seja abençoada essa chuva que caiu em Daytona Beach.


Compartilhe