E Xandão mandou bloquear o Telegram no Brasil! | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Internet » E Xandão mandou bloquear o Telegram no Brasil!

E Xandão mandou bloquear o Telegram no Brasil!

Compartilhe

E o Xandão bloqueou o Telegram no Brasil.

Antes de qualquer coisa… quem sou eu para criticar uma decisão do STF? Pelo contrário: palmas lentas para o Xandão, que “colocou na mesa” e, de novo, defendeu o que diz as leis brasileiras sobre compromisso e responsabilidade de cooperação das plataformas digitais.

Mas não dá para deixar de observar como são peculiares os efeitos colaterais dessa decisão.

De um lado, um grande número de usuários, gritando de forma revoltada e totalmente irracional (e sem razão) coisas como “DITADURA, CENSURA, FASCISMO”.

Do outro lado, eu e uma galera rindo do primeiro grupo que, obviamente, não sabe do que está falando.

 

 

 

Por que Xandão bloqueou o Telegram?

Primeiro, porque Xandão não tem medo da Vaca Louca.

Segundo, porque Xandão entendeu que o Telegram não está a fim de colaborar com a legislação brasileira, diferente de todas as outras plataformas digitais e redes sociais, que decidiram conversar com o STF e o TSE e se comprometeram a criar medidas restritivas aos discursos de ódio e fake news em tempos de disputa eleitoral.

Algo que alguns defensores da “liberdade de expressão irrestrita” não receberam muito bem.

Penso que existe uma certa dificuldade para esse grupo meio revoltado em entender que as leis existem e valem para todos. Inclusive para o Telegram, que não possui servidor no Brasil, nem mesmo representação de pessoa jurídica. Aliás, não deve nem ter executivo que fale português para conversar com as autoridades locais.

Mas em compensação, consegue conversar com “políticos” brasileiros lá na Hungria.

Que coisa, não?

Tá, eu nem vou falar do fato do Telegram ser originalmente um aplicativo russo lançado em 2013, e é o mais sério concorrente da onipresença do WhatsApp. Não quero confundir alhos com bugalhos, muito menos ser cancelado como o estrogonofe foi por aqui (aliás, decidi ser ousado hoje, e comi estrogonofe no almoço, para desespero de algumas pessoas).

Mas não é difícil ligar alguns pontos neste caso.

Se bem que é preciso olhar um pouco além das disputas políticas neste caso. Apesar do Telegram ser ótimo para criar grupos de compartilhamentos de promoções e descontos, ele também permitia a pirataria, a pedofilia e o comércio de drogas e armas, entre outras iniciativas um tanto quanto condenáveis.

E, é claro, o compartilhamento de fake news. Notícias falsas. Mentiras que são compartilhadas enlouquecidamente por mentes mais fracas e pessoas mal intencionadas.

E isso precisa parar de alguma forma.

 

 

 

O bloqueio do Telegram… vai adiantar de algo?

Bom, na Rússia não adiantou. Mas lá o cenário é outro: existe toda uma cultura institucionalizada que não foi absorvida por aqui. No Brasil, os disseminadores de fake news são apenas idiotas que tentam levar o gado para o caminho do matadouro mesmo.

Se não funcionar, ao menos vai limitar um pouco desse discurso odioso, nefasto e nocivo. Vai reduzir o eco das mentes que adoram distorcer narrativas, Vai reduzir o alcance das fake news para as pessoas que estão mais suscetíveis a acreditar nessas mentiras.

Se não resolve o problema como um todo, ao menos deixa um recado claro: as mecânicas para distorcer a realidade e alterar os fatos para fins nefastos não serão toleradas.

Xandão deu um recado claro sobre como a banda vai tocar a partir de agora. E quem não concordar com ele que vá chorar na cama que é lugar quente. Ou em Brasília, dependendo do local do país que a pessoa estiver.

Eu? Vou bem, obrigado. Dando muita risada de toda a choradeira do gado.


Compartilhe
@oEduardoMoreira