Onde o iPhone é mesmo melhor que o Android | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Telefonia » Onde o iPhone é mesmo melhor que o Android

Onde o iPhone é mesmo melhor que o Android

Compartilhe

Defensores do iPhone e do Android contam com defensores e detratores, em uma batalha de narrativas sem fim. Mas meu objetivo não é alimentar o hate de gente preguiçosa e que não gosta de argumentar. Quero ser objetivo ao apontar onde o smartphone da Apple realmente vence a concorrência.

Se você é uma pessoa que está avaliando a possibilidade de trocar aquele velho Samsung Galaxy S7 por um iPhone 13, você veio ao lugar certo. Vou apresentar os pontos onde realmente o smartphone da gigante de Mountain View dá aquela sambada na cara da concorrência (que é, basicamente, composta pelos smartphones Android).

 

 

 

Um software impecável

Digam o que quiser, mas a Apple fez mesmo um pacto com forças ocultas para entregar um sistema operacional redondo e impecável no iOS. Sua integração com o hardware é absurda, e todo o ecossistema ao redor dele só agrega valor à experiência de uso.

Sua estabilidade é enorme, é muito difícil ver o sistema operacional apresentando falhas, e a segurança do iOS é muito maior que a do Android, em vários níveis. É um pacote muito robusto, onde qualquer usuário iniciante acaba se familiarizando com a proposta de software rapidamente.

E a cereja do bolo: a enorme janela de atualizações oferecida pela Apple.

Dependendo do modelo de iPhone que você escolher, é possível que o dispositivo receba até seis anos (ou mais, com alguma sorte) de atualizações de versões. Sem falar nas correções de segurança e melhorias que o iOS vai recebendo com o passar do tempo.

Ou seja, o iPhone deixa de ser apenas um gasto de luxo para se tornar um investimento que pouco se desvaloriza. É o mundo perfeito. Algo que qualquer usuário quer no seu smartphone.

Principalmente os proprietários de telefones da Motorola. Não é mesmo? 😉

 

 

 

As câmeras são as grandes estrelas do iPhone

Pouquíssimos telefones Android conseguem chegar no mesmo nível de excelência alcançado pelo iPhone nos aspectos fotográficos. Nem mesmo os dispositivos com sensores de 108 MP conseguem ser tão eficientes na hora de entregar imagens e vídeos que melhor reproduzem as cores e contrastes registrados em diferentes cenários.

O principal diferencial do iPhone em relação aos telefones Android nos aspectos fotográficos fica evidente quando as imagens são publicadas na principal rede social do momento: o Instagram.

As fotos publicadas no Feed não sofrem tanto com a perda de qualidade, e os vídeos dos Stories ficam impecáveis e sem as tradicionais gambiarras que os usuários Android bem sabem como fazer (por exemplo, gravar o vídeo no app principal de câmera para só depois fatiá-lo no formato dos Stories).

E isso, porque o iPhone 13 estreou recentemente o modo cinema, que pode não cair no gosto de todo mundo, mas que chama a atenção de muitos, de forma inevitável.

 

 

 

Conclusão

Se o seu objetivo na vida é ter um smartphone estável, com muitos anos de atualização e com um ecossistema que o deixa ainda mais completo na experiência de uso (isso é, se o dinheiro não for um problema na sua vida na hora de expandir esse ecossistema), o iPhone é o produto recomendado para chamar de seu.

A mesma decisão é válida para todos que querem trabalhar com fotos e vídeos nas redes sociais e até mesmo de forma profissional, já que as câmeras do iPhone são simplesmente espetaculares.

Pronto. Tentei dar um certo ar de maturidade para a questão, apesar do tom sarcástico e bem humorado de algumas frases.


Compartilhe
@oEduardoMoreira