Mineração de Bitcoin com um PC com processador 386: quanto dinheiro você poderia ganhar? | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Variedades » Mineração de Bitcoin com um PC com processador 386: quanto dinheiro você poderia ganhar?

Mineração de Bitcoin com um PC com processador 386: quanto dinheiro você poderia ganhar?

Compartilhe

Minerar Bitcoin não é uma tarefa fácil. Mas para aqueles que conseguem, acabam encontrando nesta prática uma interessante fonte de renda. Tudo bem, você não ganha tanto dinheiro como em um passado não muito distante. Mas acaba ganhando dinheiro de alguma forma.

Entre aqueles que ainda estão minerando o Bitcoin, muitos acabam investindo muito dinheiro em um novo computador, levando essa prática muito a sério. Porém, outros usam essa atividade para realizar experiências bem interessantes.

Dmitrii Eliuseev é um daqueles que realizam experimentos com o processo de mineração de Bitcoin. E um desses testes envolveu um velho notebook Toshiba T3200SX, que possui um jurássico processador Intel 386SX.

E ele usa esse velho notebook para minerar Bitcoin.

 

 

 

Como é possível minerar Bitcoin com um notebook tão velho?

Esse notebook conta com um processador que foi lançado em 1986, e tem velocidade de trabalho de 16 MHz. Pode não parecer, mas ele foi um objeto de desejo para muitos usuários de computador da minha geração.

Já o Toshiba T3200SX foi lançado em 1989, e se você acha um MacBook Air com processador M1 um notebook caro, saiba que o nosso amigo jurássico custou na sua época de lançamento nada menos que US$ 6.299, ou US$ 13.896 com as correções da inflação.

Para realizar essa façanha, Dmitrii Eliuseev criou um código próprio e exclusivo para criar uma ferramenta específica de mineração de Bitcoin para este computador. O grande desafio foi superar todas as limitações impostas pelo sistema operacional MS-DOS de 16 bits presente no Toshiba T3200SX.

O tal código desenvolvido por ele está disponível no GitHub, e pode ser compilado em um computador com Windows, com a ajuda do Open Watcom. Também pode ser compilado em um PC atual que conta com um compilador do MS-DOS, como é o caso do Borland C++, a partir do emulador DOSBox.

Mas… eu sei que você quer saber como é o desempenho do Toshiba T3200SX minerando Bitcoin. Bom, vou parar de enrolar e contar logo sobre os resultados.

 

 

 

Dá pra ficar rico minerando Bitcoin dessa forma?

Não. Definitivamente.

O Toshiba T3200SX com processador 386SX a 16 MHz com MS-DOS pode produzir 15 H/s, o que é um número absurdamente baixo e nada rentável para a sua finalidade principal, ou seja, deixar alguém rico.

Em termos práticos: este notebook consome 39 watts durante o processo de mineração de Bitcoin. É um baixo consumo de energia, mas que gera um consumo mensal de US$ 3,37.

Levando em consideração que a previsão do Dmitrii Eliuseev em ganhar pelo menos US$ 1 em Bitcoin com esse computador é de “apenas” 584 MILHÕES de anos, está mais do que claro que não é nada interessante tentar ficar rico com um computador lançado no final da década de 1980.

De qualquer forma, vale pela curiosidade do experimento.


Compartilhe
@oEduardoMoreira