O notch da tela do smartphone pode desaparecer? | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Telefonia » O notch da tela do smartphone pode desaparecer?

O notch da tela do smartphone pode desaparecer?

Compartilhe

Por mim, já era para o notch ter desaparecido do mundo dos smartphones. Mas ninguém me ouve, e ficamos com essa aberração de design em nossas vidas.

O notch é um mal necessário para alguns, e uma maldição para outros. Eu faço parte do segundo grupo. E muitas pessoas dos dois grupos estão se perguntando nesse momento quando e se esse elemento vai um dia desaparecer de nossas vidas.

Vamos fazer um breve exercício de futurologia neste post, na tentativa em descobrir se o notch está fadado ao desaparecimento, ou se ainda teremos que aturar esse item que tanta polêmica rende no mundo da tecnologia nos últimos anos.

 

 

 

Casos de grande sucesso

 

O smartphone que popularizou o notch de vez no mercado de telefonia móvel foi o iPhone X, e ninguém discute isso. Porém, ele não foi o primeiro a chegar ao mercado com esse detalhe de design (que também possui aspectos funcionais no caso do smartphone da Apple).

Quem inaugurou a era do notch nos smartphones tal e como conhecemos hoje foi o Essential PH-1. Essa foi a solução para entregar um telefone com tela maior em um corpo menor, deixando as bordas mais finas para contar apenas com um elemento integrado na própria tela.

O notch é bem vindo para os usuários que contam com mãos pequenas e já contavam com uma série de dificuldades para lidar com smartphones que não paravam de aumentar de tamanho, o que deixava a usabilidade com uma das mãos mais complicada para muita gente.

Por outro lado, esta solução é uma verdadeira maldição para quem estava acostumado em ver todos os elementos da interface de usuário em uma única tela, ou para quem prefere uma tela mais limpa para ver filmes e séries de TV na tela do telefone.

Com o passar do tempo, o notch foi mudando de formato, onde alguns fabricantes foram adotando as suas soluções. Entre elas, o entalhe em forma de gota, o furo na tela e até as câmeras traseiras em forma de flip, para efetivamente deixar a tela limpa e sem elementos para interferir a visualização dos conteúdos e elementos.

Particularmente, eu prefiro mil vezes ter um furo na tela atrapalhando a visualização do conteúdo do que ter uma monocelha maldita causando espasmos nervosos em mim.

 

 

 

Quando o notch vai desaparecer?

 

Não tenho bola de cristal, mas é fato que os fabricantes seguem desenvolvendo soluções para eliminar o notch dos smartphones. Uma dessas soluções é o sensor de câmera abaixo da tela, algo bem complicado de se conseguir conservando a qualidade das câmeras.

Ou seja, pode demorar um bom tempo, mas a tendência é que as câmeras frontais podem ser tornar invisíveis no futuro. Não dá para saber quando isso vai acontecer, pois tudo depende do desenvolvimento dessa tecnologia.

Agora, levando em consideração que o furo na tela ainda não está presente em todos os segmentos de preços de smartphones, não é exagero pensar que o notch vai ficar em nossas vidas por mais algum tempo.

E no caso do iPhone, este prazo deve ser ainda maior, dada a lentidão da Apple em adotar novas tecnologias para o seu smartphone. E pode ser justamente essa pasmaceira da gigante de Cupertino que fará com que o notch permaneça por mais tempo em nossas vidas que o desejado.


Compartilhe