Compartilhe

holidog

O Holidog (http://br.holidog.com/), líder global para serviços online voltados para pet, chega ao Brasil. A plataforma funciona como um marketplace que facilita a vida dos donos de animais de estimação ao conectá-los com cuidadores, passeadores e adestradores. Criada na França em 2012 e já presente em 13 países, a empresa representa uma comunidade de mais de 400 mil usuários em todo o mundo.

Com um modelo totalmente baseado em economia compartilhada, o site disponibiliza aos proprietários de animais quatro tipos diferentes de serviços: hospedagem (GoHoliday), passeadores (GoWalk), petsitters (GoNanny) e adestradores (GoSchool). Em operação beta no Brasil, o site já conquistou mais de 4 mil cadastrados no território nacional.

De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (AbinPet), o Brasil ocupa a segunda posição entre os países que mais gastam com seus bichos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. O setor movimenta aproximadamente U$ 98,4 bilhões por ano. No último ano, o mercado brasileiro movimentou R$ 16 bilhões, o que representa um crescimento de 8,2% em relação a 2013. Calcula-se que a população de animais de estimação em território nacional é de 106 milhões.

Para utilizar a ferramenta, donos de animais e candidatos a tutores só precisam se cadastrar. A plataforma oferece alguns recursos para aumentar a confiança de donos e cuidadores. Antes de fechar uma estadia, por exemplo, o proprietário pode conversar com o candidato para conhecer o perfil e verificar se ele vai atender as necessidades do bicho, enquanto estiver fora. O pagamento acontece somente no momento em que a reserva é confirmada e inclui uma taxa da plataforma e o valor combinado com o cuidador.

Além disso, o Holidog dispõe do seguro de Responsabilidade Civil, que cobre possíveis danos causados a terceiros pelo pet ou petsitter. Outro diferencial em relação aos concorrentes é o seguro adicional Holivet, da Axa Seguros, caso haja necessidade de intervenção veterinária no período contratado, como cirurgia, exames, ambulância ou medicamentos.


Compartilhe