Por que o Gavião Arqueiro da Marvel Studios usa um Google Pixel 3 em pleno 2024? | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Cinema e TV » Por que o Gavião Arqueiro da Marvel Studios usa um Google Pixel 3 em pleno 2024?

Por que o Gavião Arqueiro da Marvel Studios usa um Google Pixel 3 em pleno 2024?

Compartilhe

É sempre importante lembrar que Universo Cinematográfico da Marvel (que expandiu para a TV) está à frente do nosso tempo. Em termos práticos: enquanto nós estamos em 2021, o MCU está em 2024. E esse é um dado oficial, e não fruto de uma mente problemática.

Dito isso, é possível identificar algumas inconsistências de narrativas que podem ter passado batido pelos criadores e roteiristas. Algo que é perfeitamente aceitável, já que estamos falando de um universo relativamente complexo neste aspecto.

Agora… como é que o Clint Barton (Gavião Arqueiro) consegue utilizar um Google Pixel 3 em pleno 2024? Qual foi o milagre que ele adotou para um smartphone durar tanto tempo?

 

 

 

Porque isso é um product placement. Apenas isso

Product placement é quando você introduz um produto ou conteúdo audiovisual de qualquer espécie em uma série de TV ou filme com o objetivo de realizar um marketing indireto daquele produto para a audiência.

É muito melhor ou menos danoso introduzir o produto em uma determinada cena (e, sempre que possível, adicionar um contexto de utilidade para o produto) do que colocar intervalos comerciais que podem irritar a audiência ainda mais.

Aliás, já percebeu que as séries que são exibidas via streaming não contam com intervalos comerciais? E isso acontece não apenas porque você está pagando uma cara mensalidade. Acontece porque o tal product placement está ajudando a pagar aquela produção, inserindo os itens promocionais de forma sutil e elegante.

Agora que você entendeu a presença do Google Pixel 3 na visão objetiva do mercado, chegou a hora de explicar por que a produção da série Gavião Arqueiro decidiu que Clint Barton poderia usar um smartphone tão antigo em um futuro tão distante.

 

 

 

Por que o Pixel 3 é funcional para Clint Barton?

Antes de responder a esta pergunta, é importante deixar o registro que não é a primeira vez que um telefone Pixel aparece em uma produção do MCU.

O Google Pixel 3 também apareceu durante os eventos de Vingadores: Ultimato, e isso mostra que Marvel e Google contam com ótimas relações comerciais, e as duas empresas se beneficiam disso.

O que chama a atenção aqui é que Clint Barton está utilizando em 2024 um smartphone que foi lançado oficialmente em 2018. No mundo real, o Pixel 3 já estará mais do que aposentado daqui a três anos, se tornando um dispositivo altamente vulnerável com o fim das atualizações e correções de software.

Aqui, a dissonância narrativa está criada em Gavião Arqueiro. O ideal seria que Barton utilizasse pelo menos o Pixel 6, inclusive para justificar a presença de recursos avançados no telefone, algo que só é possível com um software mais recente.

Além disso, o Google Pixel 3 de Clint não conta com a mesma interface tradicional do Android, o que pode até ser justificado com a possibilidade do software desse dispositivo ser customizado, por questões de segurança.

Outro detalhe que você tem que prestar atenção em Gavião Arqueiro é que Kate Bishop, a outra co-protagonista da série, está utilizando um smartphone Google Pixel 4, o que ameniza um pouco a ideia da dissonância narrativa, mas não livra de vez a produção desse problema.

Aí, Marvel… melhora esse orçamento aí… está faltando dinheiro para comprar um telefone melhor e mais recente para heróis que já salvaram o mundo?


Compartilhe
@oEduardoMoreira