Compartilhe

É normal se sentir um pouco enganado quando você compra um pacote de batatas fritas que vem meio vazio, já que a embalagem é enorme e a quantidade de comida, não. É uma tática comercial muito conhecida que, no caso dos salgadinhos, é levada ao extremo.

Por que isso acontece?

 

 

 

 

Fui enganado pela Elma Chips a vida toda?

 

Antes, é preciso deixar bem claro que isso não é um golpe. O peso neto do produto é indicado claramente na embalagem, que só serve para armazenar a comida.

Quando abrimos um pacote de batatas fritas, sempre desejamos que ela esteja cheia até a borda, e não a menos da metade como acontece na maioria dos casos. Mas existe um bom motivo para isso acontecer. E esse motivo – insisto – não é para enganar você (acredite, se quiser).

O espaço vazio dentro do pacote tem uma utilidade na indústria alimentar, pois é o vazio intencional que é colocado ao redor do produto. A função desse espaço é proteger o alimento durante o transporte entre as fábricas e armazéns até os postos de venda. Sem esse espaço, as batatas fritas que você adora chegariam até você totalmente desintegradas.

Não só isso. O tal enorme espaço vazio parece estar cheio de ar, e é por isso que a maioria dos pacotes de batatas fritas e salgadinhos tem um formato que lembra um globo. Na verdade, esse espaço não tem ar: ele conta com gás nitrogênio, que é um conservante que ajuda a manter as batatas fritas em bom estado por mais tempo.

Tal técnica foi criada no começo dos anos 90, quando os pesquisadores descobriram que expor as batatas fritas ao nitrogênio não só prolongavam a sua vida útil, mas também garantiam a textura crocante que tanta gente gosta. Se aquele espaço fosse preenchido com ar, o produto ficaria umedecido, perdendo a sua validade muito mais rápido.

E quem é que gosta de chegar em casa e se deparar com batatas fritas murchas? Ninguém, certo?

E antes que você comece a afirmar que o uso do nitrogênio em alimentos industrializados é algo perigoso para a sua saúde, eu digo: nem precisa começar. O nitrogênio (para quem não sabe) é um gás natural que não altera o sabor ou as propriedades dos alimentos, e é completamente inofensivo para o organismo humano.

É mais fácil a batata frita industrializada, cheia de sal, temperos e químicos utilizados para a sua fabricação, ser mais perigosa do que o nitrogênio.

Pronto. Agora você já sabe. E para de reclamar que vem pouca batata frita no pacote de 400 gramas que você compra todo final de semana.

 

 

+info


Compartilhe