Smartphones desmontados como obra de arte? Press "Enter" to skip to content
Início » Telefonia » Smartphones desmontados como obra de arte?

Smartphones desmontados como obra de arte?

Compartilhe

A empresa Grid Studio está transformando smartphones velhos em obras de arte, ou objetos de exposição (o que vier primeiro). A empresa vende telefones destruídos ou desmontados como objetos que, se não são autênticas obras de arte, pelo menos atraem os olhares de muitos fãs de tecnologia.

Não posso negar que eu mesmo sou uma audiência certa desse tipo de exposição quando o novo normal se estabelecer. Já publiquei vários vídeos dos testes de tortura do JerryRigEverything, e os processos de desmontagem de smartphones realizados pelo iFixit são alguns dos meus favoritos.

 

 

 

Mas, se parar para pensar, são obras de arte…

 

 

Nossa memória afetiva sempre vai nos levar a crer que um muito popular Nokia E71 desmontado é mais bonito que um quadro do Romero Britto.

O trabalho da Grid Studio é meticuloso: o smartphone é desmontado, todas as suas peças são removidas, limpas, catalogadas e distribuídas ao longo do quadro, com descrição de funcionalidade. Um pequeno histórico do telefone é adicionado, e o autor do quadro assina no canto da tela.

Ou seja, todo esse trabalho tem algum valor. É difícil ver qualquer pessoa fazendo isso no dia a dia (apenas os técnicos o fazem). Que dirá com uma finalidade artística.

No catálogo do projeto, temos quadros dedicados ao iPhone 4s, iPhone 5 e iPhone 6, além de modelos lendários como o BlackBerry Bold 9000, entre outros. E a boa notícia aqui é que, diferente de outras obras de arte, esses quadros contam com preços acessíveis (por volta de US$ 140).

Tudo é feito à mão, e dispositivos como câmeras fotográficas, iPod touch e consoles PSP também se transformam em quadros na Grid Studio.

Não foi informado se os usuários podem enviar os seus dispositivos para que a empresa desmonte ou transforme em quadros. Mas se isso um dia acontecer, não é difícil pensar que muitos usuários mais apaixonados pelos seus gadgets vão desejar transformar os produtos em obras de arte para a eternidade.

 

 

 

Taxidermismo tecnológico?

 

 

De certo modo, sim. E não deixa de ser fascinante.

Estamos transformando uma coisa em outra coisa e, se você parar para pensar, parte da essência da vida é o movimento de transformação ou modificação.

Há quem fique inquieto sobre isso. Mas muitos com certeza vão gostar da iniciativa. Eu, inclusive.

Se você quer ver mais sobre o projeto da Grid Studio, basta visitar a página web dos caras, clicando neste link.


Compartilhe