Compartilhe

Sim, amigo leitor. Mais um artigo sobre o coronavírus. Mas vamos tentar deixar o tema um pouco mais leve, até mesmo para que eu, você e qualquer outra pessoa que venha a ler esse conteúdo encontre alguma coisa a mais para se distrair durante o período da quarentena ou isolamento social.

Apesar do momento ser muito grave e sério (e não estamos lidando com isso como uma brincadeira ou “gripezinha”, diferente de uns e outros irresponsáveis por aí), é preciso ter um pouco de bom humor de vez em quando para poder encarar a realidade com um sorriso no rosto e de forma mais otimista.

A humanidade nunca vai deixar de ter sensor de humor, apesar das dificuldades ao seu redor. E isso é ótimo, pois muitos de nós não vamos desanimar justamente por causa do desejo de outros em fazer todo mundo sorrir. O fato do coronavírus estar em seu auge (em alguns países, como o Brasil, ainda não está: o pior ainda está por vir, infelizmente) não impede que algumas pessoas façam algumas piadas oportunas sobre o assunto.

Por isso, alguém decidiu criar uma playlist no Spotify com músicas relativas à doença. E temos músicas bem interessantes nessa lista de reprodução.

 

 

 

É claro que Toxic está nessa lista

 

 

Na verdade, há mais de uma playlist no Spotify com músicas inspiradas na pandemia do coronavírus, de modo que a lista de reprodução em destaque nesse post é apenas aquela que conta com a melhor seleção de músicas e artistas em destaque ou relevância nesse momento, e com as melhores relações ou conexões com a pandemia que estamos enfrentando.

A lista se chama Coronavirus Quarantine Party, e o mais interessante das escolhas presentes na lista está justamente nos títulos das canções, que dão o norte para o bom humor que está implícito nessa lista. Por exemplo, podemos encontrar na playlist a quase óbvia Toxic de Britney Spears logo de cara, além de Fever, de Carly Rae Jespen e outra canção Fever, mas interpretada por Peggy Lee.

Também temos Don’t Stand So Close To Me do The Police, algo que todos devemos fazer nesse momento, pois se ficarmos muito juntos uns dos outros, o risco de infecção do coronavírus aumenta consideravelmente. O tal isolamento social, sabe?

Obviamente, Toxicity, de System of a Down, também está na lista, da mesma forma que Stayin’ Alive, dos Bee Gees, canção que fala sobre sobrevivência (que é um desejo de 99% da população mundial), que faz parte da trilha sonora do filme Os Embalos de Sábado à Noite.

Mas a canção Made in Chine dos Higher Brothers tem uma referência um tanto quanto delicada, uma vez que foi na China que o vírus começou a se espalhar pela primeira vez. E isso é correto. Mas… vamos tentar evitar colocar a culpa na China por uma pandemia global que poderia ter aparecido em qualquer lugar do planeta.

E… por favor… não chame essa de “gripe chinesa”, pois esse é um erro grosseiro. Primeiro porque a China já controlou a pandemia por lá. Segundo, porque Itália e Espanha já contam com maior número de mortes da doença. Terceiro, o epicentro do vírus já é os Estados Unidos nesse momento.

E (quase) todo mundo sabe que a Gripe Espanhola nasceu nos Estados Unidos, diferente do que foi afirmado recentemente por um imbecil qualquer nas redes sociais.

Enfim, a Coronavirus Quarantine Party é uma playlist com muitos estilos musicais diferentes, mas vale a pena ser ouvida pelos fãs da música nesse momento de isolamento. Com certeza tem chances de divertir muita gente.


Compartilhe