Tim Cook convida você a usar o Android se você não quer ter limites no smartphone | @oEduardoMoreira Press "Enter" to skip to content
Início » Notícias » Tim Cook convida você a usar o Android se você não quer ter limites no smartphone

Tim Cook convida você a usar o Android se você não quer ter limites no smartphone

Compartilhe

Em uma recente entrevista dada ao The New York Times, o CEO da Apple Tim Cook deixou mais uma vez bem claro aquilo que todo mundo já sabia, e que a empresa não fez questão alguma em tentar esconder dos seus usuários: que o iOS limita e vai seguir limitando a capacidade de instalação de aplicativos e ferramentas que estão fora da App Store.

Só que essa declaração foi além da afirmação.

Cook “convidou” a todos aqueles que querem essa liberdade que procurem um smartphone Android, ressaltando que a segurança, privacidade e tranquilidade de um iPhone não é comparável ao que qualquer telefone alternativo possa vir a oferecer.

Bum.

 

 

 

Para Cook, o Android é “um carro sem segurança”

Pelo visto, Tim Cook ficou mais alegre que o normal com o cereal lotado de açúcar que ele comeu naquela manhã antes de dar a tal entrevista.

De qualquer forma, ele deixa claro qual é o caminho que a Apple vai seguir (ou melhor, continuar): focar o iOS na segurança e na permanência do ecossistema.

E para ilustrar ainda melhore o seu posicionamento, Cook compara um smartphone a um carro:

Do nosso ponto de vista, seria como se eu fosse um fabricante de automóveis e dissesse a um cliente para não colocar airbags ou cintos de segurança no carro.

Pode não ser contundente ou enfático, mas Cook deixa claro o que pensa. E, mesmo não sendo a melhor comparação possível (pois o Android até possui um cinto de segurança chamado Play Protect, mas que tem vários defeitos que impedem que a trava funcione correntamente), ele não deixa de ter um pouco de razão.

Bom… será mesmo?

Os números podem deixar os defensores do Android sem argumentos. Em diversas oportunidades, a Apple compartilhou informações relevantes sobre o assunto, onde o mais flagrante deles é o estudo que mostra que o sistema operacional do Google foi atacado por malwares entre 15 e 47 vezes a mais do que o iOS.

A diferença é notável o suficiente para que a Apple não tenha qualquer motivo para mudar a sua perspectiva sobre a concorrência.

Porém….

 

 

 

O Android é realmente tão perigoso?

Tim Cook foca seu discurso na liberdade que os smartphones Android contam hoje. Com uma busca rápida no Google, você encontra um APK que oferece acesso a praticamente qualquer serviço, e basta você oferecer as permissões para aplicativos de terceiros no dispositivo para que o donwload e instalação do software aconteça sem maiores dificuldades.

Por outro lado, cada vez menos os usuários estão recorrendo ao acesso root nos smartphones Android, e com o Google endurecendo o jogo nas consequências de uso desse método, a tendência é que a segurança do sistema operacional acabe melhorando com o passar do tempo.

Os fabricantes não querem que os usuários convivam com o medo constante em terem os seus smartphones hackeados, e o Google Play está recebendo muito mais atenção por parte do pessoal de Mountain View.

Logo, as tais restrições ao root que sempre foram aplicadas pela Apple devem chegar mais cedo ou mais tarde ao Android. E isso deve torná-lo mais seguro, a ponto da comparação de Cook se tornar descabida.


Compartilhe