Nestas férias das atividades do blog, uma das coisas que precisei fazer é buscar um substituto para o ótimo JDownloader, programa que uso para fazer as minhas “visitas aos Estados Unidos” (if you know what i mean). Não que eu tenha desgostado dele, muito pelo contrário. Como disse antes, o programa é ótimo. Porém, ele vinha apresentando um comportamento estranho neste último mês de dezembro.

Pelo menos aqui comigo, o JDownloader simplesmente fechava sozinho. Não creio que o problema poderia ser em virtude de algum processador ruim (pois estou trabalhando com um Athlon II dual-core), nem que fosse atualização do software, que estava atualizado. Acreditei que fosse algum problema ligado ao Java, porém, fiz a atualização necessária e o comportamento foi o mesmo. Resultado: hora de procurar outro software de gerenciamento de downloads.

Apos pesquisar por algum tempo (não foi muito), me deparei com esse pequeno pônei que você está vendo na imagem acima: o Mipony, que tem uma aparência bem simpática, é leve, suporta o idioma português, e se comporta tão bem como o JDownloader, com pequenas diferenças.

A vantagem do Mipony é que ele possui interface e performance muito semelhantes ao JDownloader. Logo, quem usava um, vai usar o outro. Ele pega os seus links da memória temporária (CTRL + C), seja em link único ou lista, e já adiciona para a fila de endereços. Para adicioná-los à lista de downloads, é só selecioná-los com o botão direito e escolher “adicioná-lo como parado”.

O programa permite o controle da quantidade de banda que você vai usar para os downloads em andamento, e possui uma vantagem bem importante em relação ao JDownloader: ele conta com um temporizador para sistemas de download que contam com limites de download. Ou seja, quando um serviço atingir o limite de downloads por hora (ou por gigabytes baixados), ele passa automaticamente para o próximo link a ser baixado. Enquanto isso, fica um temporizador, que mostra o tempo restante para o download estar disponível. Zerado o contador, o download começa automaticamente.

Isso faz com que a sua vida fique bem mais facilitada, pois você pode deixar o computador baixando seus arquivos, sem se preocupar se você vai atingir o limite de downloads. Ele conta ainda com um comando que desliga o computador depois que a lista for completada.

Sua única desvantagem em relação ao JDownloader é que o número de serviços suportados para identificação de links é menor. Além disso, você não pode fazer downloads de links diretos (ou servidores HTTP ou FTP), mas isso não chega a ser uma grande dor de cabeça.

Bom, fica a dica. O programa é excelente, e para aqueles que estavam se perguntando qual programa colocar no lugar do JDownloader, o Mipony é a dica.

Download (Mipony)