apple-watch-teaser

Poderia parecer que o Apple Watch foi um pequeno fracasso da Apple, mas os números mostram o contrário.

O Apple Watch transformou a Apple na segunda empresa do mundo em receita no mercado de relógios, ficando atrás apenas da Rolex.

Isso não isenta o produto das críticas como falta de foco ou não contar com um “killer app” que justificaria sua compra. Mas o lançamento do Apple Watch Series 2 pode mudar tudo, por conta de uma mudança de foco radical da Apple.

Deixou de lado os aplicativos para oferecer um alucinante quantificador pessoal.

 

WatchOS 3 deve ajudar e muito

 

apple-watch-teaser-02

 

Em junho, a Apple antecipou na sua conferência para desenvolvedores como a nova versão do seu software para seu smartwatch dava um importante passo adiante em várias áreas.

O WatchOS 3 é muito mais rápido, principalmente na inicialização dos aplicativos, mas já aponta para o maior foco da quantificação da nossa atividade física através de novas esferas.

À isso, unimos outra das novidades do sistema operacional: a Activity Sharing, que compartilha nossos avanços nessa atividade física com nossos contatos.

Melhorias de hardware dedicadas à atividade física no novo Apple Watch Series 2

 

apple-watch-teaser-03

 

A apresentação do Apple Watch Series 2 deixou claro que pouco mudou no design do produto, apesar do novo modelo ser um pouco mais espesso, e por bons motivos.

Uma bateria maior e a integração do sensor de GPS tornam o produto mais relevante para os esportistas. Além disso, o processador do novo relógio é mais potente e conta com um acelerômetro que também amplia as possibilidades de quantificação pessoal.

Por fim, a Apple adicionou a resistência à água, o que o torna especialmente interessante para os adeptos dos esportes aquáticos, especialmente no caso da natação.

 

Fitbit e os demais deveriam ficar preocupados

 

vendedores-wearables-tabela

 

Até o momento, o Apple Watch parecia estar em outra escala de dispositivos, e a própria Apple deu muita ênfase nos aplicativos e notificações como diferenciais do seu smartwatch.

Agora, o cenário claramente mudou. De repente, a Apple orienta seu relógio especialmente para um público cada vez mais preocupado com o tema da atividade física. Se você é um esportista ou não, ter um Apple Watch oferece um plus em relação aos outros relógios inteligentes.

Isso pode ser um problema para os fabricantes tradicionais de pulseiras quantificadoras. A ambição da Apple é enorme, e mesmo com dispositivos mais caros que produtos da Fitbit, Garmin e Xiaomi, que apostaram pesado nesse mercado, com preços competitivos.

O Apple Watch Series 2 pode mudar tudo em um segmento que hoje os usuários podem ver com muito bons olhos o interesse da Apple por um mercado que antes era deixado em segundo plano.

Se à isso somarmos as parcerias como a feita com a Nike, temos diante de nós uma grande mudança de acontecimentos que podem impulsionar este smartwach a ser uma referência em um mercado que as pessoas ainda não investem muito dinheiro.